Ensino Profissional

O que é o Ensino Profissional?

O Ensino Profissional é um dos percursos do nível secundário de educação, com dupla certificação (12.º ano e nível IV de qualificação do Quadro Nacional de Qualificações), ou seja, possibilita o desenvolvimento de competências sociais, científicas e profissionais necessárias ao exercício de uma atividade profissional e simultaneamente obtém-se o nível secundário de educação.

A modalidade de ensino é predominante prática, em contexto escolar (aulas) e de trabalho (estágios), garantindo uma preparação dos alunos para a rápida inserção no mercado de trabalho!

No entanto, após o término do curso, os alunos têm a possibilidade de prosseguir estudos no ensino superior.

Vantagens do Ensino Profissional:

  • Consiste num ensino mais prático;
  • Avalia as competências e conhecimentos adquiridos logo após o término de cada módulo e/ou UFCD (Unidades de Formação de Curta Duração);
  • Contribui para que o aluno desenvolva competências pessoais e profissionais para o exercício de uma profissão;
  • Privilegia as ofertas formativas que correspondem às necessidades de trabalho locais e regionais;
  • Prepara os alunos para aceder a formações pós-secundárias ou ao ensino superior.

Funcionamento dos Cursos Profissionais

Os Cursos Profissionais têm duração de três anos, com uma carga horária total que varia entre 3100 e 3440 horas, e estão organizados em quatro componentes de formação (Portaria n.º 235-A / 2018, de 23 de agosto):

  • Formação Sociocultural
    • estruturada em disciplinas comuns a todos os cursos, visa contribuir para a construção de identidade pessoal, social e cultural dos alunos;
  • Formação Científica
    • estruturada em duas ou três disciplinas, visa proporcionar uma formação científica consistente com a qualificação a adquirir;
  • Formação Tecnológica
    • organizada em Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD), visa a aquisição e desenvolvimento de um conjunto de competências técnicas necessárias ao exercício profissional;
  • Formação em Contexto de Trabalho
    • é realizada em empresas ou noutras organizações, em períodos de duração variável ao longo ou no final da formação, e visa a aquisição e o desenvolvimento de competências técnicas, relacionais e organizacionais relevantes para a qualificação profissional.

O currículo de cada disciplina é organizado em módulos e/ou Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD), permitindo maior flexibilidade e respeito pelos ritmos de aprendizagem dos alunos.


Classificação final do curso

A classificação final do curso obtém-se mediante a aplicação da seguinte fórmula:

CFC = 0,22*FSC + 0,22*FC + 0,22*FT + 0,11*FCT + 0,23*PAP

sendo:

CFC = classificação final do curso, arredondada às unidades;

FSC = média aritmética simples das classificações finais de todas as disciplinas que integram o plano de estudos na componente de formação sociocultural, arredondada às décimas;

FC = média aritmética simples das classificações finais de todas as disciplinas que integram o plano de estudos na componente de formação científica, arredondada às décimas;

FT = média aritmética simples das classificações finais de todas as UFCDque integram o plano de estudos na componente de formação tecnológica, arredondada às unidades;

FCT = classificação da formação em contexto de trabalho, arredondada às unidades;

PAP = classificação da prova de aptidão profissional, arredondada às unidades.


Apoios aos alunos que frequentam os Cursos Profissionais

– Bolsa de profissionalização;

– Subsídio de refeição;

– Despesas/ subsídio de transporte;

– Bolsa para material de estudo e subsídio de acolhimento (mediante condições, de acordo com a legislação em vigor). 


Legislação: